Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.

7 alternativas naturais ao retinol que merecem um lugar em sua prateleira

Não há como negar que, no mundo dos ingredientes para cuidados com a pele, os retinoides reinam supremos. Eles são o crème de la crème (trocadilho intencional), valorizados pelos dermatologistas por sua capacidade de proporcionar uma longa lista de benefícios para a pele.

Esse grupo de derivados da vitamina A, do qual o retinol é uma versão de venda livre, pode fazer praticamente qualquer coisa. "Eles reduzem as linhas finas e as rugas estimulando a produção de colágeno e elastina, incentivam a descamação das células na superfície, resultando em uma pele mais brilhante e de tom mais uniforme, e reduzem o excesso de pigmentação inibindo uma enzima necessária para a produção de melanina", explica o conselho. Dermatologista certificado Robin Gmyrek, MD.

Os retinoides também são muito populares entre os dermatologistas para o tratamento de acneGraças à sua capacidade de ajudar a manter os poros limpos e aos seus efeitos anti-inflamatórios. Além disso, eles têm um histórico longo e sólido: "Os retinoides também são notáveis porque foram amplamente estudados", acrescenta Gmyrek.

Para algumas pessoas, entretanto, todos esses benefícios podem ter sérias desvantagens. Os retinóides são notórios por seus possíveis efeitos colaterais incômodos, incluindo vermelhidão, ressecamento e irritação geral, sem mencionar o fato de que não podem ser usados por mulheres grávidas ou que estejam amamentando devido à possibilidade de defeitos congênitos, explica Gmyrek.

A boa notícia é que você tem outras opções: alternativas ao retinol natural. (Para que conste, como o termo "natural" não tem realmente uma definição, estamos usando-o neste contexto para nos referirmos principalmente a ingredientes de origem vegetal).

Essas alternativas naturais incluem opções à base de plantas, como óleo de cenoura, óleo de rosa mosqueta, manteiga de karité, óleo de jojoba, óleo de baobá, ácido cafeico e ácido salicílico.

Esses ingredientes têm menos probabilidade de irritar a pele e podem ser benéficos para a produção de colágeno e a remoção de células mortas, além de combater a acne e a pigmentação. Eles também podem ajudar a proteger contra os danos causados pelos raios solares.

Dito isso, os resultados podem não ser tão expressivos quanto os dos retinóides, mas essas alternativas naturais podem ser uma boa opção para pessoas que não toleram os retinóides e querem resultados mais suaves nos cuidados com a pele.

Retinol: Instruções de uso

1. Use óleos vegetais, como óleo de argan ou óleo de jojoba, para hidratar a pele e estimular a produção de colágeno.
2. Aplique gel de aloe vera para aliviar a irritação e reduzir a vermelhidão.
3. Use produtos à base de vitamina C para combater rugas e linhas finas.
4. Faça esfoliação regularmente para melhorar a textura da pele e estimular a circulação sanguínea.
5. Use produtos à base de lodo de caracol para promover a produção de colágeno e elastina.
6. Incorpore antioxidantes naturais, como o ácido hialurônico e a vitamina E, à sua rotina de cuidados com a pele.
7. Use produtos à base de óleos essenciais para nutrir e proteger a pele e combater os sinais de envelhecimento.

6 produtos populares de retinol

Avalie este artigo
[Total: 0 Média: 0]
Avatar photo

Gabriela

Gabriela é a criadora do blog Perfect-Skin.fr, uma plataforma dedicada a cosméticos naturais e cuidados com a pele. Seu blog é uma fonte inestimável de informações e conselhos sobre como obter uma pele perfeita e brilhante. Gabriela compartilha com paixão seu profundo conhecimento sobre produtos naturais, tendências emergentes e dicas práticas para uma rotina eficaz de cuidados com a pele.

Artigos: 139

Receba nossos guias e conselhos de beleza

Digite seu endereço de e-mail abaixo para se inscrever em nossa lista VIP